HOME QUEM SOMOS ACTIVIDADES PROJECTOS RESIDÊNCIAS ARQUIVO

LINE UP ACTION 2013 - EXTENSION #01

A Associação IC-ZERO, em parceria com a Alliance Française de Coimbra, apresentam a primeira extensão do Festival Line Up Action, a ter lugar dias 19 e 20 de Abril, pelas 21h30, no Espaço de Artes Multimédia e Performance da Alliance Française de Coimbra.
Destaque para as performances de Isabel Valverde, Francesca Fini e Patrícia Correia, em residência artística em Coimbra entre 12 e 27 de Abril, numa parceria com o Festival Fonlad.

LINE UP ACTION propõe-se instituir em Portugal um evento periódico de referência, no âmbito da arte da performance (“performance art”). Esta expressão artística nasce nos interstícios das vanguardas e neo-vanguardas do séc. XX, afirmando-se definitivamente nas décadas de 60/70, momento em que adquire autonomia, sendo então alvo de um primeiro exercício de ordenação crítica e histórica, reunindo pela mão de RoseLee Goldberg os seus protagonistas e procedimentos dominantes. Até ao presente, o carácter transdisciplinar, contingente e intempestivo da arte da performance não cessou de evoluir e de se transformar, dialogando com uma enorme diversidade de suportes e discursos.
A emergência da cultura digital e as mutações ocorridas com o avanço da globalização conferem a esta tradição expressiva uma capacidade única para processar tanto a saturação tecnológica, como as deslocações territoriais e epistémicas da contemporaneidade. As questões da representação, o hibridismo, a centralidade do corpo, o ethos presencial do performer e a sua vocação actuante creditam no seu conjunto o objecto deste festival. O carácter inclusivo e multimedial da performance revela-se hoje nas transações interdisciplinares que esta arte protagoniza, entre o teatro, a poesia, a dança, a música, o cinema, a vídeoarte e as artes plásticas. Esta pluralidade traduz-se num vasto arquivo de géneros e linguagens, da tradição do happening e da live art até à performatividade digital.

LINE UP ACTION tem como objectivo apresentar criações representativas no âmbito da performance e confrontar o público com a sua conceptualidade proliferante. A importância de um evento desta natureza resulta da própria efemeridade da performance e da sua resistência documental. Por outro lado, não existe em Portugal um evento sustentado, especificamente dedicado a esta forma de arte. Coimbra detém, neste plano, um passado ilustre, sendo reconhecido o papel central que desempenhou nos anos setenta e oitenta, acolhendo criadores e colectivos de relevo na história da performance em Portugal.

PROGRAMA

19 Abril – CONFERÊNCIA
18h30 Conferência “Interfaces Performance - Tecnologia: teorias - praticas artísticas”
com Isabel Valverde

20 Abril - PERFORMANCES
12h00 – 18h00 “Vende-se Artista”, de Patrícia Corrêa (Largo do Quebra Costas)
21h30 Performance colaborativa pluridisciplinar “Body Interface: Body Bio-Physical-Digital-Virtual “
de Isabel Valverde
22h00 “ZIP&SWIIIS” de António Azenha
22h30 “Red Untitled” de Francesca Fini

Direcção: António Azenha
Organização: IC Zero
Parcerias:Alliance Française de Coimbra, Projecto Videolab
http://www.iczero.org/lineupaction.html

Alliance Française de Coimbra, Rua Pinheiro Chagas, nº 60 contacto: espaco.amp@gmail.com